Busca no Blog

domingo, 10 de abril de 2011

Um filme para falar mal: Sucker Punch

Há algum tempo estava querendo escrever sobre um filme que eu não gostei. Mas nenhum filme que eu me lembrava ou tinha assistindo nos últimos tempos, causou uma reação extrema, algo assim, nossa eu detestei esse filme. Esse filme foi tão ruim que eu tenho que descrever a minha frustação ao vê-lo, pois bem, finalmente eu vi um filme assim, o nome? Sucker Punch.
Eu o achei  ruim demais. Pensei, como alguém pode gostar dele, mas por mais estranho que pareça, a maioria das críticas que li em blogs, o elogiavam, creio que somente uma expressava a minha opinião sobre o filme e outra mostrava uma impressão mediana,  alguns comentários então, falavam que era um obra de arte com  noções existencialista, e eu fico pensando, como  a noção de arte está deturpada, assim isso me estimulou mais ainda a escrever esse post.
Sucker Punch - Mundo Surreal  tem um fiapo de história , que serve como desculpa para ver mulheres semi nuas, lutando contra monstros em cenários surealistas, ao som de boas músicas, e as cenas parecem ao mesmo tempo saídas de video clipes e/ou video games, e esse é ponto alto do filme. Mas eu tenho que dizer qual é esse fiapo, não? Babydool é uma orfã, cujo o padastro violento matou a irmã, a culpou por isso e a internou num hospício, onde ela vai ser lobotizada em 5 dias. Assim, ela submerge em sua imaginação (de garoto adolescente com feitiches sexuais estranhos, viciado em video game, clipes e em plena puberdade) e imagina estar em um bordel, onde ela tem que dançar  e durante  a dança cumpre  uma missão para conseguir obejtos para sua fuga. A cada dança ela entra em mais um nível da imaginação (!), onde ela e algumas amigas lutam contra gigantes, robôs, nazistas e etc.
As imagens do filme, os cenários e  os figurinos são muito bons, eu tenho que admitir, e o início parecia promissor. Mas depois da ida de Babydoll ao hospício,  entra numa narrativa  que me confundiu inicialmente, aí eu pensei, deve vir algum mérito disso. Mas nada. A idéia de que uma moça tivesse uma imaginação com taras sexual masculina, já me pareceu bem ridícula desde o início, se ao menos fosse um garoto, e também há o fato das falas serem horríveis, as atuações péssimas ( ok, a que fez Sweet Pea até que não foi tão ruim, mas Babydoll tinha a mesma cara de sofrida com boquinha aberta em todas as cenas), e a facilidade em que as moças manejavam as armas e derrotavam seus inimigos era como se elas estivessem fazendo a unha. No início eu achei engraçado, ri demais nas duas primeira lutas, eram tão ridículas. Depois cansei, era sempre a mesma coisa, a chamada para a missão, com as frases mal escritas do instrutor, a missão inacreditável, um cenário fantástico, com monstros perigosos e que eram facilmente derrotados pelas garotas. Só queria que acabasse o filme. No fim piorou um pouco, pois o roteiro tenta dizer que aquilo tudo era um metáfora para a liberdade, ele realmente tenta se levar a sério,  de verdade, se isso não tivesse acontecido, o meu choque teria sido menor.Ha.Ha. Acho que roteirista pegou tudo que achava de legal, bateu no liquidificar e saiu essa vitamina sem nexo e sem sabor.
Pode se dizer, esse filme é pura diversão, não é para ser levado a sério, desliga o cérebro e vai lá ver, mas eu não achei nem um pouco divertido e no fim, bem que tentam dar uma razão existencial a tudo, não? O pessoal que gosta de video game, e clipes musicais parece ter gostado. Os que acham que filme não precisa de um roteiro também. Mas eu não sou assim, para mim .imagens, músicas e efeitos especias são componentes que ajudam a melhorar o filme, mas o que realmente importa é uma boa história bem desenvolvida. Há aqueles que também vão para ver as moças com roupas mínimas, mas covenhamos isso  me parece mais papo, não? Pois se eu quisesse ver moças peladas, eu veria um filme erótico ou pornô, que  por ter uma classificação mais alta, mostra muito mais do Sucker Punch. E não vem falar que eu achei isso pois sou mulher, e por isso minha opinião não conta, afinal eu também compro ingresso, não? E se for assim, para que falas e roteiros, por que ser hipocrita?  Pois se tudo que homem quer ver é um monte de gostosas seminuas?
Ahh, Snyder é diretor e roteirista desse filme. Existe muita gente que fala mal dele por causa de Watchmen. Pois eu acho que ele fez um bom trabalho em Watchmen, na minha opinião, ele adaptou um quadrinho tão difícil de uma maneira satisfatória. E 300 também não é ruim, não é muito o gênero que eu gosto, mas tem seus méritos. Agora, ele é o diretor de próximo Superman,  e eu agradeço muito  por ele não está envolvido no roteiro do filme. Pois o filme seria uma bomba.  Seria mais  um passo para acabar com  a franquia de filmes do Super-homem, e também  com essa onde de fazerem filmes baseados em quadrinhos.E eu não quero que a franquia de filmes de quadrinhos morra logo.

15 comentários:

  1. Eu acho que essa coisa de criar motivo para gostar de um filme é coisa de medíocre que acha que tem de gostar de tudo.
    Se é ruim é ruim e ponto final.
    Como é o caso de Sucker Punch.
    Como eu já disse em um dos meus textos, o Zack Snider é o Michael Bay dos filmes de censura 18 anos.
    Apareça lá no Fantastico Cenario e não tenha medo de dar sua opinião.
    Volta e e meia rola uma discussão inútil,mas não é nada sério.
    Alguns sites que eu recomendo:
    scanmaniacs.blogspot.com
    quadrinhos antigos.blogspot.com
    ebooksgratis.com.br
    poltronamobius.blogspot.com
    renatocinema.blogspot.com
    Até mais, com certeza.

    ResponderExcluir
  2. Jacques, concordo Sucker Punch é ruim mesmo e o fato de haver muita gente que tenha gostado ou até endeusado, só me faz pensar em como há pessoas que não exigem nada para gostar de um filme, o senso critico parece ter perdido, com a frase, ohh é só diversão. Vou dar umas olhadas nos links que vc passou.

    Até mais

    ResponderExcluir
  3. Extremamente ruim, to acabando de sair da frente da Tv e to até meio irritado de ter perdido meu tempo, história clichê de lutar na vida e blá blá blá, recheado de efeitos especiais gratúitos (estão banalizando a computação gráfica), que apesar de caros ja não empolgam mais e sensualidade sem graça, desculpem a expressão, mas é filmezinho pra gurizadinha sonhar no banheiro

    ResponderExcluir
  4. Concordo, esse filme faz pensar nisso mesmo, dá aquele sentimento de que por que perdi o meu tempo com isso. Mas olhando pelo lado positivo, arrumou algo para se falar mal. Ha.Ha. Realmente não sei por que gastar tanto com essa história, gastar tanto dinheiro com algo assim, não vale a pena. Ahh e deixem o Snyder longe dos roteiros.

    ResponderExcluir
  5. O filme é ótimo! Azar de quem não gosta de imagens!

    ResponderExcluir
  6. Bem, cada um tem seu gosto. Não é, não gostar de imagens, um filme precisa de mais do que isso, precisa de um bom roteiro, boas falas, uma história crível,senão seria muito fácil fazer filmes bons e os filmes antigo seriam horríveis, e não é assim que eu vejo.Efeitos especiais e imagens são coisas ótimas quando o roteiro, fala e até atores estão a sua altura. Mas caso contrário, para mim é só desperdício de dinheiro em algo sem base.

    ResponderExcluir
  7. "Um bom trabalho com watchmen"?! Watchmen O Filme é a melhor adaptação de HQ que existe!!

    ResponderExcluir
  8. O filme é perfeito é praticamente a HQ em filme!

    ResponderExcluir
  9. Não assisti esse sucker punch...só vim pelo Watchmen mesmo.Gosto de seus textos,principalmente sobre Fringe,acho que ja sou seu fan ja.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da adaptação de Watchmen, não sei se colocaria como melhor adaptação, mas acho que foi fiel aos quadrinhos (o Adrian Veidt, poderia ter sido melhor escalado por exemplo, alguém mais forte, e menos afetado ao meu ver, haha). Mas já conheci algumas pessoas que não gostaram de jeito nenhum e que eram fãs do quadrinho, assim acho que de certa forma dividiu opiniões. Ahh, obrigada por gostar dos meus textos e acompanhar o blog. :)

      Excluir
  10. Em Watchmen, o ator que arrumaram para fazer o Doutor Bomba Atomica é a cara do Kevin Spacey... até achei que fosse ele, até ver os créditos finais. Achei o filme um pouco arrastado, na verdade.

    Mas Sucker Punch é muito ruim mesmo, eu só aguentei metade, sai da sala. Depois me contaram o final, ai que fiquei frustrado mesmo, uma bela droga.

    ResponderExcluir
  11. Eu gostei de Watchmen, não é o meu preferido, mas acho que adaptou os quadrinhos muito bem, na verdade a história é um pouco intimista, focando em certas partes o interior dos personagens (motivações, memórias, trajetória,o que é ótimo numa obra para ler), mas esse tipo de coisa é um pouco difícil de transportar, talvez seja por isso que achou arrastada. Mas no meu ver a adaptação foi bem fiel. Entretanto a maioria dos fãs de Watchmen que eu conheço não gostaram do filme
    Sucker Punch é bem ruim mesmo, mais ainda quando tenta colocar fundamentação filosófica naquela baboseira. Eu não sou de sair do cinema antes do fim do filme (nunca fiz isso), mas realmente aquela repetição de luta-dança me cansou logo, já que não tinha roteiro que o apoiasse, fez bem em não perder seu tempo. haha

    ResponderExcluir
  12. Continuo sem entender o filme amiga... Ridiculo viu??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse filme é ruim mesmo jessica, não tem o que entender ou ser levado a sério. È ao meu ver, um amontoado de efeitos especiais, clipes, mulheres seminua, mas sem consistência e uma desculpa de roteiro.

      Excluir
  13. Filme muito bom, só os inteligentes entendem, só os que ainda tem a essência de criatividade e imaginação gostam! os amantes de cinema curtem esse longa pq é aventura e imaginação, não é feito pra ser real mesmo! quem gosta de games com certeza curti tbm!, mas é a sua opinião não gostar e eu repeito.

    ResponderExcluir